28 julho 2011

Me condene




Porque pensas que eu não reparo?
Enquanto maneja
Destrói e planeja
Com o pleno descaso.

Porque pensas que eu não sei?
Porque não tenho idade?
Porque achas que eu não conheço a realidade?
E tu andando por ai como um rei.

Quer a verdade?
Estou cansada de tanta falsidade
Cuja causa já não mais me interessa.

Então brinque sozinha com os fogos,
Não entro mais em jogos
Então me condene.


Débora Cristina Albertoni

Nenhum comentário:

Postar um comentário