20 dezembro 2010

Último suspiro




Que seja uma última vez,
Ver esses olhos brilhantes
Sentimentos de desatino constantes
Um coração cheio de beltez.

Por um único momento,
Esse halo que atrai
Tanto que distrai
E embaralha qualquer sentimento.

Por um último olhar,
Vou encontrar
Pelo tempo decorrido.

Meu coração busca a voz,
Através desse algoz
Pelo último suspiro.


Débora Cristina Albertoni

Nenhum comentário:

Postar um comentário